terça-feira, 25 de setembro de 2012

Carlos Pintado

NA BREVE QUIETUDE DOS ANOS
Let's seek out some desolate shade
Macbeth. Act IV. Sc. III 

Como vão fugindo os dias
no cego costume das horas
e apenas recordar deixa sempre
nossos passeios tão rápidos e solitários
pelas  ruas antigas e desertas
onde uma vez sonhamos em nos perder.
De que lugar tão estranho vemos
a morte surgir com suas vestes
seus olhos fulgurando na penumbra
sua voz nos chamando em delírio.
Como de repente, deixam-nos a sós,
sem casa, sem amigo e sem amante,
diante do espelho que castiga sozinho
a breve quietude que trazem os anos.



Nenhum comentário: