sábado, 10 de agosto de 2013

Dante Milano

SEPARAÇÃO
Onde andarás sem mim nessas ruas enormes?
Quem te acompanha? Quem contigo ri?
Sob as mesmas cobertas com quem dorme
Quem te ama senão eu? Quem pensa em ti?

Vagas sem ter aonde ir e sem saber
O que fazer, ou sem prazer nenhum
Em mãos alheias como um bem comum
A outro te entregas sem lhe pertencer.

Estou pensando em ti... Pensar é estar sozinho...

Sobre o Autor


Emad Rizk

Nenhum comentário:

Eugénio de Andrade

DO OUTRO LADO Também eu já me sentei algumas vezes às portas do crepúsculo, mas quero dizer-te que o meu comércio não é o da alma, há igrej...