quarta-feira, 20 de junho de 2012

Sophia de Mello Breyner Andresen

JARDIM

Alguém diz:
"Aqui antigamente houve roseiras" -
Então as horas
Afastam-se estrangeiras,
Como se o tempo fosse feito de demoras.

In OBRA POÉTICA, Alfragide: Caminho, 2011, p. 46

Nenhum comentário: