quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Else Lasker-Schüler

Resignação
Maternal e suave, abraça-me,
e mostra-me o reino do céu,
noite sonhadora;
E descansa minhas dores
Escondidas em teu regaço
sobre rosas e folhas prateadas
no profundo pó da terra.

Na luz e no brilho crepuscular
teus sonhos se pulverizam
no azul suntuoso das nuvens.
Preparo-me para a batalha do dia.
Anseio pela noite eterna
para esvair-me em silêncio no vermelho da tarde,
em teu braço salvador, morte.

 
ODILON REDON

Nenhum comentário:

Dora Ferreira da Silva

Moras num antiquário e nunca estás. Um gato sonolento recebe instáveis visitantes mas eu fico à espera. Conheço cada fresta da parede su...