terça-feira, 1 de outubro de 2013

Antonio Gamoneda

RELAÇÃO DO PROSTÍBULO
Vi a solicitude das anciãs
e as suas agulhas; as trevas
e a humildade de suas medalhas.

Era quinta-feira órfã, quinta-feira apenas.
Não havia ninguém no espelho. Vi
cânulas e, por trás do crepúsculo,
as galinhas na eternidade.

Deus cansou-se da tristeza
e não quis existir. Aquela tarde
foi a única tarde da minha vida.

In Oração Fria, Sel., trad, intr. e posf. de João Moita, Lisboa, Assírio & Alvim, 2013, p. 163



HENRI MATISSE


Nenhum comentário: