segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Lélia Coelho Frota

MÁXIMA POLIDA
A um audaz parceiro
Lembra a emoção que sentiste,
que não sendo grande amor
Floriu mesmo em amor grande
(grande mas não para mim -
só ao prestígio da imagem
que declararam ser minha)
eu, que ignorando previra
minha sorte no flautim
de certo
pícaro bardo
que se disfarçou de cardo
dissimulando ternuras.


Que fique pois nossa dança
com o sabor acre de um brinde
atirado na parede
sobressaindo na argila
nossa polca inacabada
nesta comarca de sonho.
[In Poesia Lembrada, in Poesia Reunida 1956-2006, Rio de Janeiro, Bem-Te-Vi, 2013, p. 82].


Nenhum comentário: